domingo, setembro 09, 2007

Tsuky Francisco GARFIELD da Costa (da Caparica) - dois anos depois

Por vezes dou comigo a pensar se todo este esforço de ajudar animais abandonados vale a pena. Se todas as horas, se todas as preocupações, se todas as lágrimas valem de alguma coisa num país em que o respeito pelos animais está envolto em nevoeiro, esquecido nas brumas do egoísmo de cada um...

Para ser franca, ultimamente tenho andado desmotivada, mas um e-mail que recebi esta semana ajudou-me a recuperar um pouco o ânimo e a ganhar coragem para o presente e para o futuro, também.

Este gatinho que podem ler abaixo na primeira pessoa foi abandonado no verão, há dois anos atrás. Recolhi-o, e foi um gatinho do qual me custou separar, pois tinhamos uma grande cumplicidade que nos unia. Felizmente, foi adoptado como prenda de anos para o David, embora na verdade, a maior prenda tenha sido a dele, por ter encontrado uma família assim.

Ao longo dos anos, vou recebendo sempre notícias e algumas fotos deste peludo. Ao David, ao Carlos e ao querido Garfield - Bichinho Miau, o meu OBRIGADA por me ajudarem a continuar a acreditar.

Estas são fotos do gatinho há dois anos...




3 de Setembro de 2007
Oi “mommy” Raquel

Passaram-se há poucos dias 2 anos que se despediu de mim com umas lagrimazinhas nos olhos.

Como não me esqueço de quem gostou tanto de mim, aqui lhe estou a mostrar como sou hoje um “Gato Burguês”, com “camas” nos sítios onde me apetece, desde os guarda-fatos aos sofás, da minha alcofa a mantas nas varandas para apanhar sol, o meu mundo corre às mil e uma maravilhas.

Tenho uma forte personalidade e não deixo que ninguém me “passe a mão pelo pêlo” (a não ser o “miúdo” meu boss). No kota somente reconheço o meu tratador e mio-lhe para ele me trazer relva do jardim para me ajudar a dirigir os meus pelos.

Continuo a brincar com a “branquinha” ao “esconde esconde” e de vez em quando pulo para lhe dar uma sapatada, mas nada que não seja apanhar-lhe umas penasitas que me fazem cócegas nos bigodes.

Receba uns “miadosinhos” do sempre seu Tsuky GARFIELD Francisco da Costa (Bichinho Miau, para os mais íntimos)

PS Beijinhos do Carlos e do David.

Garfield





2 comentários:

ladymary disse...

Que grande GARFIELD mesmo! E que saborosa história...
Pois é, são famílias assim e corações destes que dão FORÇA, Parabéns Kelly, Garfield, e a toda a família... Que lindo amarelo barrigudo e peludo.... Tudo de bom para TI.

Ana Cecilia disse...

Lindinha, não desanime.
Ninguém disse que isso seria fácil, como vc bem sabe, mas são notícias como essa que compensam todo o esforço e dedicação.

Eu a invejo (de uma forma boa, é claro) por mostrar um mundo diferente, onde as pessoas se preocupam, onde se entregam por uma missão. :) Por poder colaborar de uma forma tão activa nessa luta contra o abandono e o descaso contra esses animais maravilhosos. Vc e todas as outras pessoas que cuidam, que tratam, que gastam tempo e dinheiro, que têm paciência em responder dúvidas de quem não tem experiência, que se desgastam à procura de oportunidades para os bichinhos e sentem profundamente a tristeza da separação são um exemplo para todos, como foi para mim, para se mobilizarem e ajudar, mesmo que de uma forma pequena. Todos podemos fazer diferença. Nem que seja um e-mail reecaminhado já é uma ajuda que poderá mudar um destino. Eu gostaria de poder ser tão participativa como vc é, mas é claro, tudo no seu tempo. Por enquanto eu estou a trabalhar na missão de cuidar de uma das suas "afilhadas", e saber que a Dara está feliz da mesma forma que eu estou feliz com ela, está de bom tamanho para mim, e tenho a certeza de q para vc tbm... :)

Vc até pode desanimar por saber que é impossível ter braços para todos os bichinhos, mas nunca desista. Se vc desistir mtas Daras e mtos Garfields ficarão sem destino certo, à sua própria sorte...
E sempre tenha a certeza de que: vc fez, faz e continuará fazendo diferença! :)