sexta-feira, março 17, 2006

Dias cinzentos...

Há já alguns dias que não coloco novidades. Porque não tenho tido muitas... ou porque ando sem grande disposição para escrever.

A Zara começou a ficar agressiva com os meus gatos. E ainda não tive um único contacto para a sua adopção. Eu sei que é uma adopção difícil à partida por não ser uma gatinha bebé ou sequer jovem... e por ser surda. Como dizia o antigo dono na carta, "(...) ninguém quer uma gata como eu (...)".

Estou triste por não aparecer ninguém que lhe possa proporcionar um lar como ela merece, e finalmente, estabilidade e paz. Ela será feliz numa casa sem mais animais... Mas a esperança segreda-me que em breve, em breve...

Além das preocupações com a Zara, ontem tive mais uma má notícia. O João, um gatinho que as
http://arteserepartes.no.sapo.pt resgataram de uma colónia em Lisboa tinha carcinoma (num estado muito avançado) e teve de ser "adormecido". Mais um nó na garganta... A lembrança de que estava a sofrer muito e que lhe demos paz alivia um pouco a tristeza. O João está agora no Céu dos gatinhos.

3 comentários:

Anónimo disse...

Raquel,
Vais ver que a Zara ainda vai ser feliz.
Em relação ao João lamento imenso a sua partida, mas aliviar o sofrimento é acima de tudo um acto de amor e pelo menos nos ultimos dias o João foi amado.
Bjs,
Sónia Costa

Anónimo disse...

Os dias Cinzentos dão-nos uma perspectiva de que vai chover...

A água é vida, e tu também... Portanto: PAGO-TE NA MESMA MOEDA!!!

Para: Você,
De: todos os seus 'resGatinhos'

Eu teria morrido aquele dia se não fosse por você.
Eu teria desistido da vida se não fossem seus olhos amáveis.
Eu teria usado minhas garras com medo
se não fossem suas mãos suaves
Eu teria deixado esta vida acreditando que
todos os humanos não se preocupam…
Acreditando não haver outra coisa...
somente pelos emaranhados,
pele comida pelas pulgas...
o frio e a fome...

Deixaria esta vida sem saber
Que ela pode ser boa o bastante.
Com camas quentes e fofas para dormir..
Sem saber como é bom ser amado por alguém…
Sem saber que mereço ser amado apenas por que existo…
Você me mostrou e me deu tudo isto!!!

Seus olhos amáveis.
Seu sorriso amado,
Suas mãos suaves,
Seu grande coração…
Me salvaram…
Você me salvou do terror da rua…
As recordações de minha antiga vida
Agora são apenas recordações…
Você me ensinou o que significa ser amado.
Eu a vi fazer o mesmo com outros gatos...
Abandonados, como um dia eu fui...

Eu a ouvi se perguntar em tempos de desespero
" Por que faço isto
Quando não há mais dinheiro
não há mais quarto
não há mais casa
E ainda assim
Você abre seu coração ainda mais

Estica o pouco dinheiro que fica mais mais apertado
Eu lhe falo com a gratidão e amor que brilham em meus olhos
Do melhor modo que sei…

Pela lembrança dos "resGatos' que fez…
E que ainda fará

Eu sou a razão …
Os gatos antes de mim são a razão ....
Como são os que vieram antes de mim…

Nossas vidas teriam sido perdidas,
nosso amor nunca seria repartido,
Nós morreríamos se não fosse por você.

(Autor Desconhecido)
Livre tradução: Clecienne

BEIJOS
Mia

Adopção dos Animais disse...

Vou divulgar a zara, que por sinal é muito gira! :)
Beijos!
Mafalda aka -CarpeDiem-